Louca do Pré-TCC e dos trabalhos, Coisas de autora, Aniversário do Blog chegando

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Oie, povo!
Perdoem-me novamente a demora para voltar. Sabe a história do TCC né?
Apesar de falar para todo mundo que estou ocupada com ele, na verdade, são com várias coisas. São os blogs, os livros, o próprio TCC e mais outros trabalhos da faculdade. Enfim, vai chegando final de período e é assim mesmo, matéria acumula, trabalho acumula. É pauleira!
Nesse meio tempo só mexi um pouco em algumas coisas que estavam erradas no projeto e escrevi umas três páginas e um pouquinho de uma quarta.
Neste fim de semana, finalmente comprei o FIC, que é só o livro mais importante para meu TCC e tô vendo que serei obrigada a fazer sobre o terceiro tópico, porque ele vai ser mais rápido de fazer, porque são menos coisas que eu preciso ler. E eu realmente quero levar algo para a professora esta semana.
Sem contar que a mamãe tá pretendendo marcar viagem, e quando ela começa? Exatamente, um quarta-feira, dia da minha aula de TCC. Mereço!
Isso sem contar também o trabalho de PI em Revista, em que minha dupla está cheia de problemas pessoais e a gente teve que mudar o tema da reportagem em cima da hora e quem está fazendo sou eu. Não estou reclamando, sei que tá foda para ela lá.
Sem contar o trabalho da matéria de segunda, em que fiz as perguntas aos 45 do segundo tempo. Mas, essa parte mais difícil já foi, só tenho que mandar para alguns jornalistas responderem.
E tenho uma boa nova no meio disso tudo da faculdade. Das EAD já me livrei, vi as notas de A2 ainda agora e passei nas duas. Menos duas matérias para se preocupar. Amém, divindades!
Já indo as outras coisas, porque realmente a vida tá bem dentro da rotina mesmo. Não teve muita coisa diferente mesmo.
Falando primeiro das coisas de autora, de livros, contos, etc. Aquilo que eu gosto mesmo!
Lembram que eu falei sobre o conto do CCL do mês passado? Sobre viagem no tempo? Pois é!
No final do mês, eu a postei. Trata-se de uma homenagem a Tia Cléo, que você já sabem também, faleceu no início de Maio. Foi a forma de homenagear uma das pessoas que mais me apoiou nessa coisa de ser escritora e também de lembrar da alegria dela. Enfim, foi um conto singelo, mas que gostei muito de escrever. Vocês podem ler aqui: O Chapéu.

E finalmente, depois de mais de um ano e meio, fiz um Moda Personagem. O de número 6, com seis roupas e cinco personagens. Fiquei tão feliz com o resultado, porque tinham algumas coisas que estava idealizando havia um bom ano. Tô apaixonada por todos.
E outra coisa que fico sempre observando é a minha evolução desde o primeiro até aqui. Antes tinha uma pegada mais de uma roupa para alguma situação. Agora tem algo mais Cosplay envolvido. Parecem mais elaborados ao meu ver. Olho os primeiros e sinto vergonha alheia da tosquice, mas acho que isso faz parte da evolução.
Fiquem com as fotos. Sintam-se privilegiados, porque nem o pessoal do Contos Anê (Tumblr) viu direito.


E bem, hoje é dia dos namorados e sábado é Aniversário de 8 anos de namoro com o Ique. E ironicamente - ou melhor, por que não seria? -  o tema do Café com Letra deste mês é sobre todas as formas de amor. Então, já imaginam sobre o que escrevei este mês para lá né? Mas, será surpresa. Até dia 17, que vai ser quando postarei. haha Só preciso começar a escrever. Capa já tem!
Enfim, sem muitos mais o que falar, porque a vida tá chata mesmo. Talvez nem comemore o aniversário de namoro direito, porque o Kareshi tá trabalhando agora. E tem sábado de bônus também. Pois é, é a vida.
E o Aniversário do Blog tá chegando e nem comecei a fazer o layout ainda. Saudades da época que no final de Maio já tava mexendo com layout. E pelas condições universitárias, este ano só trocarei o banner novamente. Até gosto deste layout, acho que ele supre bem o blog e é bem clean e prático de mexer.
E para quem não sabe, serão exatos dez anos do blog. Isso aqui é quase um filho. Só não é mais velho que As Super Agentes. ahah
Estou realmente animada com esta marca, de verdade. Estou preparando umas coisinhas especiais para o aniversário. Fiquem ligados!
Ficando por aqui hoje. Deixando um vídeo divertido que gravei com o namorado.
Beijos 1000!

Pré-TCC infinito, Provas da EAD, CIPE 2017, Sobrevivendo a críticas

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Oie, Minna-san! Tudo daijobu?
Perdoem-me a demorar para retornar, é que - como disse diversas vezes, nas postagens anteriores - o TCC está me tomando um bocado de tempo. Super Normal!
Na semana passada, eu estava enlouquecendo por ter que terminar as cinco páginas de Corpus Teórico. Esta semana estou mais tranquila, pois são coisas menores, apenas duas páginas mesmo. Aproveitei para arrumar as coisas dos Blogs que estavam atrasadas, tipo a postagem do Seiyuu World, que deixou de ser administrado exclusivamente por mim na semana passada, quando finalmente os novos membros entraram. Não lembro se contei, mas fiz Processo Seletivo para Membros Novos. E bem, acho que agora o SW vai tomar mais força.
Enfim, estou me preparando psicologicamente para escrever mais cinco para semana que vem. Ela só deu um descanso bobo.
E obs: Acabei de acabar isto. Em cima da hora é mais eletrizante.
Update: Preciso escrever dez páginas para semana que vem. Deuses e Sangue Vaz me ajudem!
E conforme disse no post passado, nas duas segundas tive minhas provas de Educação a Distância.
Foi até bem tranquilo. Alias, achei que fosse ser a pior coisa do período, ou até uma das mais complicadas, mas se tirar notas boas, eu já passei e não preciso me preocupar.
Cara, a gente ainda tá em Maio e o período vai até quase Julho ainda. Passar em duas matérias tão cedo é ótimo!
E fora a faculdade, a vida tem seguido normalmente, sem nada demais. Continuo mandando currículo e fazendo inscrições em processos seletivos que nem uma louca. Nada além do normal na vida de um universitária desempregada! (Na verdade, prefiro dizer que não trabalha. Acho menos feio.)
A única coisa meio que fora da rotina foi o CIPE 2017, que foi no último domingo.
É um evento que serve para a Evangelização, já que é focado nos evangelizadores. Todo ano tem este evento. E sinceramente, este ano foi o melhor de todos.
Porque que sempre me inscrevo em algo que tenha a ver com tecnologia ou arte, que são duas áreas que adoro. Bem, teve uma fez que a pessoa fez estudo de recursos digitais e cara, eu xinguei até dizer chega.
Sem contar um de música que eu fui num outro ano e o cara falou mal de rock. Eu fiquei: quê? E xinguei até o ano seguinte, quando tive uma decente.
E este ano foi a fez da de redes sociais. Sem contar que descobrir ser da geração W e não da Y como achei que fosse.
Ai gente, vou muito bom. A moça mostrou o trabalho que ela faz usando internet no centro dela. Nada melhor do que um exemplo. Imagina se não fiquei com vontade de fazer pelo menos uma vez com os meus? Fiquei!
Sem contar que falou um pouco sobre o uso da internet e das redes sociais. A pessoa que vos fala estava em casa. Povo achando que só tem Facebook e Youtube. ahahahha SABE DE NADA, INOCENTE!
Na outra, que foi sobre reciclagem de materiais, a gente fez três tipos de potinhos, usando a Parábola dos Três Talentos como base. A minha foi porta-lápis, outra foi um pote com tampa e a outra foi um cofrinho. É aquilo de usar materiais diferentes para fazer atividades com as crianças.
E tem um detalhe, a moça tinha um sotaque de nordestina tão amorzinho. Era engraçado ouvi-la falar.
(Sem preconceito nenhum. Acho um sotaque lindo e ela tinha também um jeitinho todo fofo também.)
Acabou que foi pouca gente do meu centro mesmo: eu, minha mãe e outra moça.
E tem a foto da minha arte lá! Meu porta-lápis com joaninha e as "frorzinha" feat foto do crachá.


Indo ao interessantes...
Apesar de estar com o TCC gritando e esmurrando a minha porta, consegui chegar as 200 páginas escritas do DEA.
Alias, isso foi uma puta forma de passar por cima de uma crítica que recebi nas últimas semanas.
Eu quem pedi, naquelas coisas de grupo do wattpad. Só que a gente acredita na nossa história e é suspeito para realmente ver algum problema nela, ainda mais enquanto a escreve.
Enfim, de cinco estrelas (ou cafézinhos, que a pessoa trocou depois) recebi apenas uma.
Desculpa, mas eu sou humana e ninguém gosta de ver que seu livro, que você dedica tanto tempo, esforço e até sangue se bobear, recebe uma mera estrela.
No fim das contas, a pessoa só falou mal do meu livro do início ao fim. Usou adjetivos como ruim, sem profundidade e etcs. A única coisa que ela elogiou foi a ideia.
Admito que fiquei chateada, que fiquei puta, que me senti um lixo. E sim, eu chorei no facebook, chorei no twitter (sempre choro no twitter), não gostei e nada do que li ali. Claro que passado o calor do momento, reli com calma e entendi os apontamentos da pessoa.
Mas, isso me levou a uma outra reflexão. Eu questionei a ela quantos capítulos tinha lido e ela disse: Quatro e parei na metade do cinco.
E veio a pulga atrás da orelha: Mas só isso? Gente, o livro está com 35 capítulos postados e estou escrevendo 10 capítulos na frente disso.
Só consegui pensar que ela não conheceu o meu livro direito. Alias, acho que não tem como a gente conhecer um livro direito lendo apenas três a cinco, que são a média que as pessoas que fazem resenha/crítica no wattpad, lidos.
Agora eu pergunto: Você lê apenas cinco capítulos de um livro publicado e faz resenha? Fica o questionamento.
Enfim, não vou me estender muito, mas sim, farei um vídeo sobre isso em breve explicando meus pensamentos acerca disso.
Provavelmente serei alvo de hate massivo nessas redes de autores, mas é aquela história: É minha opinião! (Nesse caso é minha opinião mesmo!)
Foto da página 200 do DEA. Tão linda!

E como em todos os meses desde então, temos mais uma one para o Café com Letra a caminho. Já comecei a escrever. Discurso melhor sobre ela no outro post. Só posso dizer que o tema é viagem no tempo.
Sem muito mais o que falar, vou ficando por aqui hoje. Tem vídeo para vocês hoje.
Alias, consegui postar vídeos três semanas seguidas. Que orgulho de mim!
Beijos 1000!

Loucura do Pré-TCC, Coisas de autora, Mais organização

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Oie, pessoas! Como vão?
Eu estou bem, na medida do possível. Preocupações como sempre né? É a vida!
A começar pela faculdade. Tivemos duas semanas seguidas de feriado na sexta e isso atrasou o calendário. E acabou que farei prova de uma das disciplinas de sexta nesta semana só, que é de Economia Política.
A outra prova que fiz foi de Ética Jornalística, a matéria de segunda. Eu fiquei que nem uma idiota lendo textos e claro que não caiu quase nada deles. Ainda bem que um dos meus focos na leitura, as matizes da ética, caiu na prova. Pelo menos isso!
Terminei finalmente as atividades das matérias de EAD. Terminei deve ter umas duas semanas já. Inclusive marquei já a próxima avaliação e uma delas será na próxima segunda já e na semana seguinte a outra.
Mas, o que está mais me desesperando é o TCC, ou melhor, o ainda Pré projeto de TCC que vai virar projeto mesmo nas semanas que virão.
E sinceramente, parece que será outro TCC que farei praticamente sozinha, porque realmente a minha professora me orientou pouquíssimo. Acho que uma vez só se for muito. Não estou querendo dizer que ela tem que fazer o trabalho por mim, mas pelo menos me dar uma luz. Ela já mandou referência para várias pessoas, emprestou livro para outras. E eu? Bem, minhas fontes achei sozinha mesmo. E olha que eu nem fiz tanta pesquisa assim, já tinha mesmo uns links guardados.
Na quarta passada entreguei a primeira versão do meu projeto (que inclusive fiz com a graça das fotos que tirei antes de dar os papéis que ela nunca vai me devolver mais), ainda com os dois fichamentos. Fiz de uma reportagem e de um capítulo do Livro FIC, de Anne Jamison, que saiu deve ter um mês ou dois. E tá o olho da cara para comprar (Rocco podia maneirar um pouco né?). A amostra da Amazon vai me salvar por ora.
Ela devolveu alguns projetos corrigidos ontem e obviamente, o meu não estava incluído. Ou seja, mais uma semana sem auxílio e mais trabalho para fazer. Ela quer duas páginas para a próxima aula.
Bem, para a escritora não será problema. Se eu não tivesse prova na segunda. Acaberei fazendo mesmo na terça e na quarta, como faço sempre.
Sem contar o detalhe de que preciso ainda fazer mais duas hipóteses, já que são três. OH LORD!
E por falar em "vai ser fácil para a escritora"...
No final do mês passado postei mais uma one para o Café com Letra. O tema foi inspirado em pinturas. Eu escolhi o "Duas Fridas" da Frida Kahlo. E claro, por que não me inspiram em As Super
Agentes também? Usando a letra da maravilhosa Mirror Magic?
Imaginem só se um dia o seu reflexo no espelho resolve bater um papinho com você, só porque está entediada? Ficou uma história de terror, bem fora do normal para meu estilo. Vocês podem lê-la aqui + foto da capa de bônus abaixo.

E quanto ao DEA? Bem, escrevendo sempre! Estou no capítulo 44 ainda. Ou melhor, já. Porque o 35 foi ao ar oficialmente em Março. haha Tenho que digitar os capítulos que estão faltando. Ainda mais agora que vai vir TCC para arrebentar comigo e não vou poder me dedicar ao livros tanto assim. Acho que até os blogs vão ficar um pouco de lado, porque realmente isso toma muito tempo. De leitura de escrita, de pensamento, de energia de tudo. Eu já fiz um TCC, sei bem como é.
Mudando um o pouco de assunto agora...
Estou mostrando minhas habilidades para o artesanato. Com o dia das mães chegando sempre rola fazer um presente para as mães das crianças lá da Evangelização. E este ano estamos fazendo corações que são porta agulhas, mas ficará mais como chaveiro mesmo, porque acho que quase nenhuma delas deve fazer algo com agulha. Era até para eu fazer sozinha, mas minha vó materna quis tanto me ajudar que bem, ela acabou fazendo a metade.
Enfim, esta é a minha foto da "fábrica de corações"...

E como uma das metas de 2017 é a organização, decidi fazer um Bullet Journal. Comecei até em Abril, mas ficou tão cagado que nem fiz postagem no Ane-chan's Shizen?. Alias, ia fazer só para Junho, mas o de Maio ficou tão fofo que eu decidi fazer post e vídeo dele e sairá amanhã. Fiquem de olho por lá para verem com mais detalhes.
E enquanto ao meu planner? Tá dando certo! Tô com ele todos os dias e agora quase não me enrolo mais nos meus afazeres, porque eu sou sagita louca e quer fazer tudo ao mesmo tempo, porém o planner tá me segurando as rédeas bem,
Olha a foto da capa do mês de Maio do Bullet. (Feat. Piu Piu)

E o por último, mudando completamente o clima do post. Sim, admito que ele vai terminar triste hoje. Peço perdão por isso antes de tudo.
No dia 1º de Maio, minha Tia Cleudimar faleceu, devido ao câncer que estava. Ela estava doente tinha um tempo já, mas era algo até um pouco pessoal demais para contar. Mas, eu sinto que eu devo fazer um texto em homenagem a ela. Bem simples mesmo! E acho o blog bom para isso e acho que nem postarei isto em outro lugar, vai ser só aqui.
Sempre quero me lembrar dela como uma pessoa alegre, com o sorriso e a risada dela. E era um dos membros da família que mais me apoio e ficou feliz quando publiquei meu primeiro conto no primeiro livro. Ela quis mostrar para todos que ela tinha uma sobrinha escritora. E tenho um orgulho enorme de ter autografado um livro para ela!
Morei 16 anos ao lado da casa dela, onde as janelas eram lado a lado e de vez em quando reclamava do barulho que eu e meu irmão resolvíamos fazer tarde da noite. Não tiro a razão, porque tinha hora que eu e meu irmão éramos meio espoleta. haha
E eu me peguei pensando bastante nela esta semana, nesses últimos dias. Sentirei saudades dela nas reuniões de família, na conversa e também no pudim que fazia e naquele salpicão maravilhoso. Sentirei muitas saudades! Mas é só um até breve, depois nos encontraremos novamente. =D

Sem muito mais o que falar, ficarei por aqui hoje.
Beijos 1000!

Passeio ao Parque Aquático, Amazon: Problema resolvido, 5 anos do Seiyuu World e Séries/Doramas

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Olá, pessoal! Como estão?
Eu tô é só pensando nesse bendito Projeto de TCC deste semestre. Todo hora a gente tem que reler e reescrever. Sem contar que a professora tem tempos que não olha meu projeto. Aliás, semana passada ela me deixou por 20 minutos plantada na sala, com meu pai me esperando do lado de fora e ela não me devolveu meu trabalho, deve até ter jogado fora. Ainda bem que não estava dependo dela para continuar. Tinha tirado foto antes e passado para o computador.
Só que cada semana que passa, essa mulher dá mais coisas para a gente fazer. Agora, com provas chegando, ainda bem que são duas só que farei, ela pediu para fazer dois fichamentos de duas referências bibliográficas para o trabalho.  Alguém “mim ajuda”!
Vou contar o que teve de mais interessante neste intervalo entre uma postagem de outra.
No dia 9 foi o passeio do centro espírita para o Parque Aldeias das Águas. Apesar de ter acordado muito cedo e ter passado muito sono no caminho, foi um passeio muito divertido. A gente foi em piscina, fomos num toboágua de boias e teve um, de duplas, que dava um medo de descer, mas depois era tão gostoso. E é bom porque a gente tem licença para gritar.
A única coisa ruim foi meu namorado não poder ir, pois ele tinha um batizado para ir. Meu primo acabou indo. Mas nos divertimos de qualquer forma. Seguem as fotos, mesmo nem sendo tantas assim.





E no final de semana passado foi páscoa. Na terça anterior e no sábado, véspera, tivemos estudo especial na evangelização, com o filme da Turma da Mônica e depois demos chocolates às crianças. Apesar termos uns problemas para o projetor funcionar. Foi bom que pelo menos eles prestaram atenção pela meia hora de filme, porque realmente tem hora que é difícil criança assistir a qualquer coisa. Fotos: primeiro de Terça, depois de sábado.



No domingo, fui almoçar na casa da minha sogra. E gente, eu realmente achei que fosse desmaiar de fome. Foi um almoçar quase jantar, às 17h. Até sei que tem este costume lá, mas achei que pela data, seria diferente. Que fique claro que não estou reclamando, mas é porque eu estava com fome e eu tenho muitos problemas com comida, se passa muito da hora de comer e o estômago fica vazio chego a ficar enjoada. (Vide que maioria das vezes que viajo acabo ficando meio ruim para comer.) Enfim, a demora foi por conta de estarmos esperando outras pessoas chegarem. Comemos e conversamos e foi divertido de qualquer forma.
E lembram que no post passado falei sobre meu problema em receber meu pagamento da Amazon? Tudo se resolveu! E nem era nada demais, foi porque coloquei a conta do banco errado e mesmo fazendo a alteração, ele não salvava. Chegaram até a tentar me ligar, mas sempre em horas que não podia atender.
Quem tentou resolver meu problema foi super atencioso e realmente me ajudou. Obrigada, Amazon e equipe! Meu pagamento caiu, mas foi para cobrir o saldo devedor do banco. Haha Acontece! Primeiro pagamento de R$ 4,87. E por falar em  Amazon, no dia 9, que foi do passeio, tive 84 páginas lidas lá. Engraçado que essas coisas só acontecem quando vou viajar. Chama-se Lei de Murphy! (Clique para ampliar!)

Indo as coisas mais interessantes, como sempre né? Primeiro falando de blog/coisas de internet, para depois falar dos livros.
No último dia 17 de Abril foi aniversário de cinco anos do Seiyuu World Brasil, que é um blog voltado ao dubladores japoneses. Lá posto notícias dos lançamentos deles. Acabei me animando e fiz postagem especial com vídeo, fiz grupo e também, sentindo que é muito para mim sozinha, abri um processo seletivo para escolha de novos membros. Vamos ver o que isso dá! Espero que escolha bem e que as pessoas escolhidas realmente façam a sua parte.
(Foto)
E uma coisa maravilhosa aconteceu. Sabe meu canal noyoutube? Finalmente peguei 100 inscritos. Nunca achei que este dia fosse chegar. Fiquei tão feliz! Olha a print! =D


Quanto aos livros, tenho só escrito o DEA mesmo e pouco até, acho que essa história de TCC tá começando a me travar de novo. Pretendo escrever uma one para o CCL deste mês, que é inspirado em pinturas. Já tô com uma ideia clara na cabeça e com certeza vai sair bem rápido.
E ainda estou meio que a louca das séries doramas. Com a Netflix já vi um monte de coisa. Assisti uma temporada inteira de Mako Mermaids, até porque eu já gostava de H2O: Meninas Sereias. É uma série bem bobinha, mas bem divertida de assistir, para relaxar mesmo. Só desanimei, por ora, porque trocaram alguns atores, e uma das que saiu foi logo da minha personagem favorita: Nixie. Bolada fiquei!
Então, num dia de tédio, querendo ver algo na Netflix, como em 90% do tempo, acabei lembrando que tem Cosmos, que é uma série sobre ciência e astronomia. E eu nem gosto né? Assisti uns dois episódios já!
Também estou assistindo Degrassi: Next Class, que tinha meses que estava na minha lista. É mais uma série teen, colegial, tudo aquilo que minha alma ainda adolescente ainda pede. E segue um estilo bem leve, mas que tem um fundo de coisa séria. Num dos episódios, o namorado queria obrigar a namorada a transar, porque eles tinha feito uma vez e nunca mais. Mas, com um pouco de diálogo, o casal se resolveu. E teve outro em que a menina ficou complexada porque talvez o menino não fosse gostar dela porque ela não tinha bunda, porém, era só coisa da cabeça dela mesmo.  E no primeiro episódio já tem beijo gay. A fujoshi nem surtou né? Vou ir assistindo e depois falo mais para vocês.
E sim, tem dorama nessa lista. Só para constar ainda não terminei Age of Youth e preciso fazê-lo, tem 2º temporada vindo. Enfim, estou vendo um dorama tailandês chamado Happy 300 Days. Ele já é relativamente antigo, de 2013, se não me engano, mas não menos divertido. Dorama tailandês tem essa coisa da comédia e que eu adoro. A história é sobre uma moça que engravida do ex e larga tudo, volta para a casa da mãe e decide ter o bebê e criar sozinha. Só que ela não esperava o mini-harém que se montou no pequeno hotel administrado pela mãe. Temos um designer, outro ex dela inclusive, um médico ressentido, e um ex-mafioso. Isos tem tudo para dar em risada. Eu tô amando e muito este dorama. Terá resenha no Ane-chan’s Shizen?, com certeza.
Sem muito mais o que contar, e já falei bastante, vou ficando por aqui hoje.
Até a próxima!
Beijos  1000! (E fiquem com o vídeo que gravei para o aniversário do Seiyuu World.)

Primeira vez no cinema sozinha, Peça Espírita, Planner de Posts e problemas com a Amazon

sábado, 8 de abril de 2017

Oie, pessoal! Tudo daijobu? 
Eu tô de boas hoje, tá fazendo um friozinho bom. Haha
Eu sempre começo falando da faculdade, mas estou apenas em período de aulas normais. As provas serão apenas no final desse mês e estou completamente atrasada com minhas leituras das matérias. As únicas matérias que estou mais adiantada são de EAD, a distância, melhor dizendo. Eu tô tão desesperada de não perder os exercícios de A1 que eu tô me organizando para fazer bem antes da data. Ontem mesmo já estava fazendo os que são só para o 14 de Abril. Olha que pessoa organizada, só que não né? Haha
Mas dessa vez, eu tenho bastante coisa legal para contar e tenho fotos também BTW. Adoro fotos para postar aqui para vocês.
Na última terça-feira, dia 4 de Abril, finalmente realizei um dos meus sonhos de vida, que pode parecer bobeira para alguns, mas eu realmente nunca tinha feito: Ir ao cinema sozinha. Fui ver A Bela e a Fera. E que filme maravilhoso! Eles fizeram um filme bem saudosista para quem gosta do original, só mudaram alguns detalhes do original. Maioria das músicas foram as mesmas, tinham umas três novas apenas. E tenho que admitir que quase chorei quando tocou “Sentimentos são”. Alias, quando tocou a música inicial, aquela “Tudo é tão igual nesta minha aldeia, ela sempre está nesta mesma paz”, confesso que surtei e lembrei da minha amiga Lorranah que é apaixonada por A Bela a Fera.  E nem preciso dizer que amei e muito o Le Fou. E ele ser gay não foi algo forçado. A cena final dele me fez dar um berro digno de Fujoshi louca.
Só quero dizer que estou esperando um live-action de Pocahontas para eu ir assistir sozinha e cantar Cores do Vento junto, alto inclusive. Obs: Verei sozinha também.
Só achei meio chato a falta de noção de pessoas durante a sessão. Primeiro tinha um bebê que chorou várias vezes, mas acho que esse foi o menor problema. Eu entendo bem que crianças, ainda mais bebês, não conseguem ficar muito tempo parados, ainda mais vendo filme né. Só fiquei com peninha dele porque teve uma hora que ele caiu. As outras coisas foram as pessoas que não conseguem ficar um segundo sequer sem olhar a porra do celular. Depois dizem que eu sou a viciada em internet. Eu fico pleníssima duas horas sem celular assistindo a um filme. As mensagens que esperem, o filme é mais importante, até porque eu paguei. E claro que as luzes dos celulares tinham que ser logo na minha cara e do meu lado. Alias, quase que eu perco a sessão que era cedo, porque cheguei no cinema e tava cheio. Comprei no cartão só porque a fila tava menor, entrei com pontualidade britânica na sessão.
Quero mesmo repetir a experiência mais vezes, porque eu realmente me sinto muito bem passando um tempo comigo mesma. Segue a minha foto lá na sala de cinema. (Tá escura porque tava sem flash mesmo.)

E na quarta, no dia 5 de Abril, fomos ao Shopping Gávea para assistir a peça Allan Kardec – Um Olhar para eternidade. A peça foi bem legal! Eu sempre gosto de ir ao teatro, mesmo que não o faça sempre. Seja lá o que for ver.
Eu só me arrependo de ter inventado de ir toda arrumada e o sapato não permitir andar e eu acabar com o pé fodido em apenas meia hora de caminhada dentro do shopping. Coloquei papel no sapato, mas ainda assim parecia uma pata andando. Haha E minha mãe ainda ficava me sacaneando: parece filha de índio. O que posso fazer se eu amo andar descalça? Desculpa mundo! Fora isso, estou viva e meu pé está bem.
Seguem as fotos. Sem nada do espetáculo porque não pode tirar foto dessas coisas.


E minha meta para este ano é organização, então fiz mais um planner, mas dessa vez é para o Ane-chan’s Shizen?: planner de posts.
Eu me via sem saber ter o que postar e sempre me enrolava e jogava postagem em cima de outra, adiando alguma por tempo demais. Então o planner servirá para eu seguir meu cronograma de posts por lá direitinho. Mas teremos um post sobre o planner por lá mesmo.
E por que não faz um planner para o GZ? Acreditem, eu consigo me organizar bem com o GZ, postando só duas vezes por mês mesmo, porque seria mais difícil vir postar mais vezes. Quem sabe num futuro não aumente para um por semana? Seria um sonho! Mas deixem eu estar com carreira de autora engrenada, ai vai ser só sobre os eventos que farei. Haha E por se tratar de um diário, a gente só precisa lembrar o que houve e contar, é mais simples.
Vou deixar uma foto da “capa do planner”.


E por último, já que não falarei sobre livros hoje, não sobre escrevê-los, mas sim sobre a parte de ganhar dinheiro com eles. Lembram que eu tenho um livro na Amazon, o que famoso JV1 (As Aventuras de Jimmy Wayn – O Menino Virgem)? Pois é! Tô com royalties dele para receber, mas parece que a conta do banco foi cadastrada incorretamente e o valor não caiu na conta. Bem, mandei contato reclamando, estão tentando resolver meu problema. Não posso reclamar dos atendimentos, mas sim do site da Amazon, pois fui fazer o recadastro da conta e não foi, dando erro e não salvou. Que raiva!
Foi atualizando vocês quanto a isso viu?
Sem muito mais o contar, vou ficando por aqui hoje. Postagem em dia de preguiça é assim mesmo!
Beijos 1000!

Desespero do Pré-TCC e da EAD, Aniversários em conjunto, Livros

sexta-feira, 24 de março de 2017

Olá, pessoas! Tudo daijobu?
Comigo está tudo de boa. Estou vindo postar depois de ter passado boa parte da minha tarde estudando as matérias a distância da faculdade. Li um monte de texto, de duas matérias, para responder dois exercícios de cada uma dessas matérias. E fui trollada pelo último exercício, pois tive que ler um outro texto nada a ver para fazer.
Alias, estava só fazendo tudo de uma vez porque eu já tinha acumulado e não quero me ferrar. Porque se não fizemos essas atividades não se pode fazer a prova presencial.
Imagina meu desespero quando eu vi que tinha perdido a primeira? Pois é! Mas ainda dá para recuperar. Ganbatte nee!
E por falar em desespero... Lembram que eu disse que estava fazendo Pré-TCC?
Pois é! Estou apenas começando o projeto e estou apreensiva. Ontem, quando eu voltei da bendita aula, eu tava com dor de cabeça. Porque eu tinha que arrumar a justificativa e não saia nada. Sabe uma escritora sem saber o que escrever? Pois é! E como a minha cabeça doía, sem contar que tinha a fome também. Eita "disgrama"!
A propósito: Meu tema será sobre fanfics. Discorro melhor sobre depois.
Só me arrependi de ter devolvido todo o material de volta a professora e ela tinha acabado de me devolver, depois de umas duas semanas. Promessa: Levar essa papelada para casa na semana que vem.
Fora a faculdade, a vida pessoal até que tá agitadinha. haha
Sempre tendo a Evangelização Infantil nos sábados e estou fazendo Estudo Sistematizado da Doutrina Espírta (ESDE) de quinze em quinze dias, nas quintas. Imagina o quanto não fique feliz de ter não matéria e poder fazer o curso. Eu tô adorando. De verdade!
E claro, Março é aquelas épocas de aniversário. E adivinhem, no último final de semana, o mais ocupado do ano até agora, certeza, tiveram três. Na verdade, foram quatro, mas dois foram comemorados em uma festa só.
Primeiro foi o aniversário dos sobrinhos do meu namorado, praticamente meus sobrinhos. Fui ajudar a minha cunhada a arrumar as coisas da festa, porque ela estava praticamente sozinha e essas festinhas de criança em casa é sempre muita coisa e eu tenho uma vida inteira de experiência nisso. Modéstia a parte, é claro.
Fui lá a até, depois fui a faculdade, assisti apenas a aula até as 20h, pois é a mais importante e sai em seguida. Tava mesmo "Foda-se" para a que ia até as 22h.
Buscamos um casal de amigos, que chamamos carinhosamente de Marlan, e voltamos para lá. Ai a gente aproveitou a festa!
No sábado, foi a festa do irmão do amigo do meu namorado. A gente foi mais para ver o bebêzinho que é filho do amigo do meu namorado. haha Uma fofura ele aliás.
E no domingo, foi o aniversário do meu irmão. Dá para acreditar que ele completou 20 anos? Eu nem acredito ainda que eu farei 25 este ano.
Eu vi este garoto nascer, crescer comigo, me passar de altura e agora tá completando duas décadas.
Só tenho a desejar tudo de bom para o Nii-san! (Eu sei que é Nii é mais velho, mas ele é maior, então me deixa.) Parabéns! :3
(Tem fotos!)


Indo aos outros assuntos que falo sempre. haha
Apesar de ter voltado às aulas, o ritmo de escrita ainda está meio fraco. Talvez seja porque só tenho mais horas de aula na sexta e lá que para engatar legal. Pelo menos terminei o capítulo 43 de O Diário da Escrava Amada e comecei o 44.
Também tem a one do CCL desse mês, que é sobre mulheres fortes, só tô meio travada de escrever, mas a ideia já tenho. Alias, vai ser quase outra crônica. Por que tem época que eu entro em vibe de certos temas? Anelise é quase sazonal! haha
E por falar em livros, estou lendo O Legado do Outono, que é um livro de parceira do Ane-chan's Shizen?. Eu tinha parado a leitura, mas não por não estar gostando. É que a gente acaba atropelando a lista de leituras mesmo. Mas ele tá na meta para terminar. Até porque o autor fez parceria comigo. Só espero que ele não fique chateada pela demora.
Enfim, sem muito mais o que contar, ficarei por aqui hoje. No próximo trago a capa e a one do CCL pronta viu? Com a graça das divindades.
Beijos 1000!

Viagem a Miguel Pereira, Pré-TCC, A louca dos doramas

quinta-feira, 9 de março de 2017

Oie, pessoal!
Estou de volta. Como foram de carnaval? Eu fui bem, como disse no post anterior, iria viajar no dia seguinte.
Fiz minhas malas rapidinho e no final da tarde saímos de casa. Seria apenas uma hora e pouca de viagem, mas meu pais acabou fazendo um caminho diferente do habitual (na verdade, a última vez que fomos lá tem uns 10 anos já) e perdeu a entrada e a gente teve que dar uma volta para poder chegar lá em Miguel Pereira. Demoramos tanto que até da hora do jantar tinha passado e não pudemos comer lá na Colônia. Sim, é uma Colônia de Férias.
E sinceramente, eu não me lembrava do quanto aquele lugar não tinha nada para fazer.
Em pleno 2017, mais de cem pessoas (eu não contei, mas devia ter algo nesse número mesmo) e apenas três roteadores de internet para suprir o vício de rede social dessas pessoas. Eu sou sincera, eu gosto de ficar na internet, mas não tenho necessidade de ficar conectada o dia todo. Tanto que na maioria dos dias acabo saindo da internet e vou ver um filme. Alias, todo tempo que não estou gastando em rede social ou lendo buzzfeed, não considero tempo usado na internet. haha
A única coisa que sinto falta mesmo são de ver os vídeos no youtube. Eu gosto mesmo de assistir a vários canais do youtube e sinto falta se não o fizer.
E por sorte, meus pais e meu irmão davam a louca de caminhar pelo lugar de manhã, por não terem nada melhor para fazer e essa era a melhor hora para usar a internet, porque diversas pessoas saiam por ai para fazer sei lá o quê e eu aproveitava para ver todos os meus vídeos nessa hora, além de claro, ler um pouco. Eu levei um mangá, Helter Skelter, e um livro, Valquírias, para a viagem. Voltei com um mangá lido e um pouco do livro lido também. Alias, até escrevi uma página de O Diário da Escrava Amada por lá. haha
Outra coisa é que como a pensão é completa, ou seja, temos direito a todas as refeições no pacote, a gente acaba ficando preso lá por conta disso. E são refeições sem muita opção de escolha. Alias, que café da manhã pífio. Minha mãe acostumou a gente mal aqui em casa. haha
Alias, eu ficava extremamente irritada de ter que jantar ás 18h. Quem janta esta hora? Eu ainda tava com almoço  na barriga quase. Alias, eu não aguentava mais comer. Sem contar a prisão de ventre maravilhosa que foi embora assim que eu cheguei em casa.
Bem ou mal, o mais legal de lá mesmo é a cidade, ir para cidade que é legal e fica tipo a uma meia hora de carro da Colônia. Então é de boa para ir!
Mas, não vou ficar aqui só reclamando da viagem. Aproveitei bastante a piscina, a cidade, até a festa de aniversário da minha mãe, fomos no pesque e pague também. Admito que me diverti e aproveitei a viagem. Adoro o clima das montanhas, não passei calor um dia, só pouco antes de partir de volta para casa e agradecendo por estar na minha casa. Viajar é bom, mas chegar é a melhor parte de toda a viagem para mim! De fato!
Vi pela primeira vez na minha vida um bloco de carnaval, fomos um dia a noite na cidade com minha prima e vimos o bloco. Achei o clima bem legal e divertido, mas eu sou do "Bloco ficar em casa" mesmo. Visitamos uma chocolateria, visitamos um outro hotel lá para conhecer (e que fica bem mais perto do centro).
Alias, tivemos aniversário duplo lá. Da minha mãe e do meu primo em 2º grau, um depois do outro. Claro que fizemos uma festinha, porque pessoa de Bangu tem que fazer "bagunzices". haha Comemos bolo sim senhora!
Seguem as fotos!






E claro que nesta semana agora voltei a faculdade de vez, agora com aulas como uma pessoa descente. E ontem, foi a minha primeira aula de pré-TCC, onde fazemos o projeto do TCC e no semestre seguinte a gente já vai com boa parte do TCC adiantado para terminar. Isso é um adianto na vida. Alias, vai ser o segundo da minha vida. No primeiro falei sobre Clarice Lispector. Neste falarei sobre fanfics e os autores delas, um tema até clichê no meio de quem faz jornalismo e escreve fanfic. Mas quero mesmo é dar um foco em como os autores divulgam suas obras atualmente e isso só começou por conta de existirem as fanfics. Fiquei com um puta medo da professora não gostar do tema, porque ela está analisando os temas do pessoal. Ela pegou meu papel e só disse que tinha gostado. Vocês não imaginam o quanto eu fiquei eu eufórica.
Indo aos interessantes...
Até falaria do que tenho escrito ou lido, mas eu citei lá em cima e não fiz muito além disso após a viagem. haha
E lembram que eu disse que peguei um mês grátis de Netflix? Pois é! Decidi ficar, porque eu tô a louca dos doramas. Maioria dos doramas que tem no Dramafever apenas para premium tem tudo lá. E eu tô me afundando cada vez mais nos oppas e senpais da vida. E quando a gente chega nesse poço, não há corda que puxe a gente de volta. Aceita que dói menos.
Estou vendo agora Descendents of the Sun e Age of Youth (Ou Hello, My Twenties!) e tô amando os dois. O primeiro é romântico entre um soldado e uma médico, só vi um episódio e sei que não vou parar até terminar os 20 episódios.
O segundo é dramático e focado nas meninas que moram juntas numa repúblicas. O legal é que cada episódio é focado em uma delas e a gente sabe as razões para cada uma ser como é. Tô amando muito!
E também assisti mais um dorama curtinho, mais ou menos, de 20 episódios de 15 min cada: Noble, My Love. Cara, eu vi tanta propaganda dele no DramaFever no meio dos meus doramas que eu acabei querendo ver e não me arrependi. Acho que pelo tamanho dos episódios teve pouca exploração, o casal meio que virou casal mesmo de um capítulo para outro, sem lá muito sentido, que num dorama maior teria sido explicado melhor. Mas, tirando isso, acho que a Yoon Seo Cha está no mesmo lugar da Pyo Na Ri no meu coração! Que protagonista divertida!


E vou ficando por aqui hoje. Ainda vai ter one para o Café com Letra este mês, mas conto mais sobre no próximo post, só posso adiantar que vou homenagear familiares. haha
Até a próxima!
Beijos 1000!

Início das aulas, Pré-viagem, Doramas

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Oie!
Como vão, povo? Eu vou bem!
Na verdade, estou no pior dia para postar. Fui a praia hoje, tenho mala para arrumar pois viajo amanhã logo após o almoço e hoje tem festa do meu primo. Imagina uma pessoa que tá pedindo par o tempo parar para dar tempo de fazer tudo? Eu mesma!
Vai ser uma postagem bem rápida mesmo por conta dessa falta de tempo, mas também porque não tenho lá tanta coisa assim para contar.
Na semana passada, as minhas aulas voltaram, mas naquela de devagar e sempre. E eu só fui no primeiro dia mesmo e logo de cara já teve palestra, que eu fui assistir.
Era com ex-policial militar, Paulo Storani, que ajudou o José Padilha a fazer o Tropa de Elite. Eu como uma boa amante de making-of estava adorando ouvi-lo contar sobre o processo de seleção dos atores. Mas, ai, passou para uma parte de palestra motivacional e eu achei meio chata essa parte. Boring...
Fora isso, eu tive uma preguiça eterna de ir em qualquer outro dia. Afinal, o que os professores vão dar além da ementa nessas primeiras semanas de aula se tem carnaval logo ai? Pois é, minha disposição tava zero.
Ainda bem que estou com aula presenciais apenas nas segundas, quartas e sextas... Menor pior, porque senão tinha ganhado bem mais faltas já!
Mudando um pouco de assunto, como me dei mais uns dias de férias a mais. haha
Aproveitando minha netflix, que logo acaba o mês grátis para ver muitos e muitos doramas. Minto, alguns só. Não sou a louca das maratonas. Alias, aqui em casa tentar ver netflix só da no computador. A tv que tem Netflix tá lá em baixo e meus pais pagam uns oitenta reais de tv à cabo para ver Globo. (Sendo que tem TV Digital).
Nesse intervalo entre uma postagem e outra eu vi: 9 Seconds Eternal Time e Good Morning Call. O primeiro é um short drama lá do Drama Fever. A Netflix tem a maioria desses lá. Vale a pena quem não tem costume de assistir dar uma chance. São episódios de no máximo 15 minutos. É bom até para eu que sou preguiçosa.
O segundo é um japonesa feito em parceira entre a Netflix e a FujiTV. Baseado num mangá é claro. Super amorzinho e super daquele jeito que eu adoro. Amei muito este dorama e entrei em tristeza quando vi o último episódio.
Falarei deles direitinho lá no Ane-chan's Shizen?


E tenho uma boa nova maravilhosa para contar. Estou fazendo este post do meu notebook. ALELUIA! ELE FINALMENTE VOLTOU!
Depois de mais um ano, consegui alguém que consertou-o. Um amigo meu quem conseguiu, só que eu tive que trocar o HD. E ele tá do jeito que eu gosto. Lê-se: Com Windows 7. Agora vou poder escrever meus livros com mais conforto no meu quarto. Não que não desse para fazer isso no notebook que meu namorado emprestou, mas no nosso é outra coisa nè?
E por falar em escrever, terminei ontem a noite a minha 17º história para o Café com Letra. O tema do mês é Manias e Fobias. E foi tenso consegui pensar na one, mas ai lembrei de uma ideia de vídeo e resolvi transformar numa crônica. Vocês podem ler aqui.

E só para informar, minha viagem, que é de carnaval obviamente, será para Migueocêsl Pereira. Aproveitarei a piscina e as cachoeiras. Lerei e escreverei também. E conto tudo com melhores detalhes para vocês no próximo post! Até lá!
Beijos 1000!