Postagem atrasa, Aniversário da METJ, Festa de Dia das Crianças e Enterprise

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Oie, gente!
Primeiro quero pedir um milhão de desculpas pelo atraso desta postagem. A vida anda uma loucura (e também aconteceu de estar com o post pronto e simplesmente perder tudo. Valeu, Blogger!). Gostaria que os dias passassem a ter 36h ou até 48h, porque eu me enrolei e tô atolada de coisas para fazer. Estou ficando desesperada!
As coisas do estágio têm me deixado um pouco ocupada demais, sem contar que acabei por mais um período de provas e não consegui estudar direito para nenhuma das duas. E minhas duas provas foram em quartas-feiras, com diferença de uma semana para a outra, numa fui de manhã para Itaguaí cobrir evento e voltei muito cansada e ainda fiquei direto, fiz minha prova quase dormindo. Por sorte consegui ficar com seis na nota.
A outra foi semana passada e eu me enrolei em meio a tanta coisa para editar e não consegui estudar. Quando podia, em casa, eu já tava capotando de sono. Enfim, acabei indo fazer a prova sem ter estudado muito. E sinceramente, não gosto disso.
Enfim, vou me programar melhor para estudar para as próximas provas.
Tirando os eventos que contarei aqui, a vida tem se resumido ao estágio, faculdade, namorado, desespero e falta de tempo. Vamos rir para não chorar né?
Indo aos eventos agora...
No último dia 1 de Outubro teve o aniversário da METJ (Mocidade Espírita Teresa de Jesus). Num domingo, que é o único dia da semana que estou podendo me dar ao luxo de dormir até um pouco mais tarde. Porém, valeu a pena levantar da cama cedo, poder interagir com algumas pessoas, estudar um pouco. Foi um evento maravilhoso! Não tenho participado mais tanto da Mocidade assim, então foi bom. Sem contar que teve o bolo maravilhoso que a minha mãe fez. Uma pena que só deu para comer um pedaço, já que ele nem durou tanto assim.

Alias, ainda ganhei um livro no sorteio. Olha que sorte! haha Fotos Abaixo!



Indo para o último final de semana agora. Teve, no sábado, a Festa de Dia das Crianças, que estava com um medo tremendo de não conseguir ir porque neste mesmo dia houve evento na faculdade. Acabou que eu mentalizei tanto que se fosse possível ir nos dias, seria saindo às 11h. E foi o que aconteceu! Fiquei cansada, fiquei, mas fiz o que eu queria.
A festa das crianças foi bem legal. Teve quitutes para eles comerem e várias atividades artísticas para fazer. Eles ficaram livres e acho ótimo isso.
E preciso confessar uma coisa: adoro ver crianças brincando e fazendo coisas sem estar olhando alguma tela. Tão bom vê-las sendo crianças. Correndo, caindo, gritando. Nada contra crianças usarem mais a tecnologia, mas ficar só nela, ai realmente tem algo muito errado. Não julgando a educação dos pais, mas é sempre algo a se pensar.

Seguem as fotos das crianças... =D


E bem, o evento da faculdade que foi logo na sequência. “Sequência” né? Porque foi na sexta e no sábado. O Enterprise, evento de cultura geek da faculdade. Este ano foi a segunda edição. Bem, eu praticamente me ofereci para cobrir este evento, porque sabia que era a minha cara, que eu estaria em casa praticamente. E bem, foi a melhor que coisa que podia ter feito.
Entrevistei gente no evento, incluindo um menino que é filho de uma garota que estudou comigo no ginásio. Fui assistir campeonato de lol, e torci mesmo. Acho que foi o evento que mais gostei de estar até agora. Porque faz parte do meu universo do que eu gosto. E obviamente, não podia deixar de comprar alguma coisa. Dessa vez foram acessórios. E admito que me segurei e muito para não levar mangá. Eu babei o Saint Shô!
Sem contar que, uma coisa chata que aconteceu durante o evento, especificamente no sábado. Mais uma mulher vítima de mansplaning. Mansplaning é quando um cara acaba explicando algo que é óbvio para você, como se você burra. Resumo da ópera: Após a semifinal em que a equipe da Castelo ganhou, fui entrevistar o jogador destaque e o capitão do time. Só que a pessoa que estava lá a frente e que me indicou as pessoas, pensou, sei lá por que cargas da água, que eu não sabia a diferente entre capitão e o técnico do time. E claro, omi tem que explicar. Foi e falou: Este o capitão do time, não o técnico, é diferente. Só faltou afagar a minha cabeça falando isso. Gente, eu tava com um colar da fucking Janna no pescoço e o cara me vem com essa? PELAMOR! Enfim, deixei para lá e fui sambar na entrevista! E sambei!
No sábado foi a final e foi bem legal ver a equipe da minha faculdade ser campeã. O time tem potencial de ir para frente. Vou continuar torcendo.

Seguem as fotos!



Vou terminar a postagem de hoje por aqui. No próximo lhes conto como andam os escritos e até que estão um pouco parados por conta de TCC e provas.
Até lá!

Beijos 1000!